Cineminha

Há mais ou menos umas três semanas fiz maratona de DVD’s aqui em casa, acompanhada de mim mesma. Ver um filme, pra mim, se assemelha muito a ler um livro, porque eu dou uma viajada bonita na história e esqueço do mundo.

Estavam na lista: Julie & Julia, Alice no país das maravilhas, A ilha do medo, Medos privados em lugares públicos e mais um com a Kate Winslet que esqueci o nome agora (vou ver se acho no twitter) – lembrei: O leitor. Somados a Duplex, que vi na TV, foi um fim de semana, digamos, muito rico e diverso. E que me fez decidir comprar um sofá-cama (sonho antigo) pra colocar na sala.

Essa semana resolvi que ia evoluir e decidi fazer maratona de cinema: hj foram Senna e Tropa de Elite 2 no Kinoplex do Shopping Vila Olímpia.

Coisas muito muito muito importantes:

1. Entrei na sala de cinema e fui devidamente enxotada pelas faxineiras, pois elas estavam “higieNEIzando” o ambiente. Não tinha uma placa, um aviso, ninguém pra orientar. Ainda avisei algumas pessoas que tentaram entrar, mas cansei de ser hostess sem o devido glamour e fui me sentar pra assistir os expulsos posteriormente. Não posso negar, foi engraçado observar o comportamento das pessoas e ver como elas reagem…

2. Pára* tudo pra eu falar da sala Platinum desse lugar. Nem nos meus melhores sonhos eu imaginei assistir a um filme no cinema DEITADA. Já falei que AMO ver filme deitada? E que vou comprar um sofá-cama? Então. Pensa numa pessoa feliz: eu;

3. Vc já viu um cinema de 100 lugares fungando? Chorando? Eu vi, quase no final do filme Senna. Vcs devem imaginar o motivo, suponho. Não seria spoiler dizer que ele morre no fim, mas a questão é COMO costuraram a história apenas com imagens reais e falas originais, descontando as partes narradas. Um primor de roteiro, de edição, de tudo. Uma história que merecia ser contada;

4. E, por último, se vc é carioca vai matar a charada: a que traficante o Beirada faz alusão? E como era o nome do fofo (na vida real) que fritaram no caixão? É uma pena, mas preciso dizer que gostei de Tropa. Bem feito, consistente, os personagens se aprofundam e suas histórias se fundem com o passar do tempo. Gosto da hora do “ser ou não ser”, embora a maioria ache macabro. Eu acho humor triste, mas escrachado. Acontece pior.

Amanhã estão previstos Muita calma nessa hora, Red, Comer rezar amar e Você ainda vai encontrar o homem dos seus sonhos (algo assim, do Woody Alen, ô nomezinho ruim de vender).

E quero dar um pulinho na praia pra molhar os pés e mandar tudo de ruim pra bem longe… O dia promete!

* Eu ainda escrevo “pára”, “idéia” e “vôo”, ok? Sou uma escritora à moda antiga e romper com o que aprendi não está sendo fácil…

Anúncios

Sobre Ana Gomes

Profissionalmente, mais aqui >> https://br.linkedin.com/in/anacgomes
Esta entrada foi publicada em Outras coisas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s